Conhecer os fios do seu cabelo é um dos segredos para saber exatamente o que funciona melhor e o que não é tão bom assim. Também na hora de cuidar, mas não só – quais são as melhores finalizações, os produtos que combinam melhor e muito mais. Você sabe quais são os tipos de cachos e qual é o seu? Vem descobrir! 

Existe tipo para o meu cacho?

Quando o cronograma capilar para cabelo cacheado começou a bombar, algumas perguntas precisavam ser respondidas: qual era o tipo do cabelo, se era mais seco, mais oleoso, com procedimentos. Neste questionário, surgia aquela perguntinha que deixava todo mundo em dúvida: qual é a curvatura do seu fio? 

Isso porque existe uma tabela de diferenciação, que classifica os tipos de cabelos desde os fios lisos até os mais cacheados. Essa classificação foi notada por Andre Walker, cabeleireiro da Oprah Winfrey, uma das apresentadoras mais icônicas do mundo e que sempre apresenta madeixas impecáveis. 

Ao notar que cada fio se comportava de um jeito, e que cada cacho era de uma forma específica, o profissional desenvolveu uma tabela para ajudar na identificação da curvatura e, também, quais eram as melhores técnicas e produtos para cuidar de cada tipo de cabelo. Babado, não é?

Essa nomenclatura popularizou-se, e muitas marcas beberam dessa fonte para criar produtos direcionados aos fios, oferecendo melhores resultados. Isso significa que todo cabelo do mesmo tipo é igual? Não! Mas algumas características são compartilhadas, o que facilita na hora de escolher os produtos e técnicas ideais.

Tabela de curvatura de fios

Agora que você já sabe tudo sobre a origem da tabela de tipos de cachos, é hora de observá-la melhor. Se você jogar no Google, encontrará diversas versões, mas todas elas têm a mesma base: como identificar o seu tipo de fio e curvatura. Vamos explicar cada um deles e quais as melhores formas de cuidar de cada um.

Tipo 1A, 1B e 1C

O tipo 1 diz respeito ao cabelo que não tem uma curvatura expressiva – ou seja, os tipo lisos. Como não tem uma super diferença entre eles, normalmente esse tipo não entra na lista, mas para você saber: os fios 1A são considerados os mais lisos que existem; 1B são os fios de liso intermediário e o 1C, os lisos rígidos. Em algumas tabelas, eles nem aparecem, pois suas propriedades são diferentes dos cabelos cacheados.


(Kim Kardashian-West/Reprodução)

Tipo 2A, 2B e 2C

Estes fios são os primeiros na escala de cachos. Aqui, nós encontramos os fios ondulados e suas variações. Para identificá-los, observe a raiz: normalmente, ela tem um formato em “S” e não espiral, indicando que não é lisa mas também não é tão cacheada. O volume do tipo 2 é variado. 

2A
Semelhante ao liso, seus cachos não são tão marcados. São fáceis de manusear, e a definição pode ser adquirida amassando os cachos com as mãos.

(Amanda Seyfried/Reprodução)

2B
Os tipos 2B têm mais ondulações, e são mais ásperos e rebeldes. A curvatura começa já próxima da raiz, e podem ter mais frizz por terem ondas marcadas, e não necessariamente cachos. Para defini-los, vale usar finalizadores e mousses que valorizam o formato das ondas. 

(Blake Lively/Reprodução)

2C

O 2C é o que mais se assemelha ao cacheado de fato – ele tem bastante volume mas sua curvatura ainda não é de um cacho perfeito. Logo, é preciso tomar cuidado para não ficar sem definição. Os fios são mais grossos e a raiz é lisa, embora a ondulação comece mais pra cima. 


(Shakira/Reprodução)

Tipos 3A, 3B e 3C

São os ditos cacheados soltos, em que as espirais são bem definidas e a curvatura é maior. Podem sofrer bastante com a umidade, ficando com bastante frizz, mas não são resistentes aos procedimentos como escovas e chapinha. A raiz já começa cacheada, sem a parte lisa dos tipos 2.

3A

É aquele tipo de cacho que se assemelha ao babyliss, é pesado, aberto e brilhante. É mais anelado e sua principal diferença do tipo 2C é o fator encolhimento – isto é, ele diminui o tamanho quando está seco. Podem ser mais ressecados pois a oleosidade natural demora mais pra chegar em todo o cabelo, graças à curvatura. 

3B

Os cachos 3B são menores, o que acaba deixando o cabelo mais volumoso. São aqueles que parecem molas, e são bem ressecados – por isso, para cuidar desse cabelo, é importante deixá-lo nutrido e investir na restauração. O frizz também pode aparecer por aqui, então aposte em antifrizz. 

(Zendaya/Reprodução)

3C

Este cacho é mais fechado, definido e pesado. Também se assemelha à molas, mas daquelas menores e mais juntinhas. Apesar de ter a curvatura bem alta, o cacho tem definição, mas também tende ao ressecamento. Aqui, dá-lhe hidratação para mantê-lo saudável, pois assim ele fica mais definido. 


(Taís Araújo/Reprodução)

Tipos 4A, 4B e 4C

Os cabelos do tipo 4 são principalmente encontrados em pessoas negras e são conhecidos como crespos. Embora os cachos não sejam tão definidos quanto à categoria anterior, eles crescem paralelamente à raiz e em formato parafuso. São os que mais sofrem com o fator encolhimento e também são os fios mais frágeis. 

4A

São fios bem enroladinhos e definidos – ou seja, se você esticar este cacho, ele forma um “S”. Precisam de hidratação constante e a principal característica deste fio é aquele volumão bem lindo. As madeixas normalmente são mais opacas.


(Maju Coutinho/Reprodução)

4B

Este tipo de fio é mais enrolado ainda, e quando você estica, a mecha tem formato de zigue-zague. Precisam de cuidados pois são finos e frágeis, podendo quebrar-se se você for desembaraçá-los com força. A dica é manter a hidratação em dia para deixá-los mais maleáveis. 


(Kerry Washington/Reprodução)

4C

O último da categoria, tem o cacho bem apertado e juntinho. Justamente por isso, é mais difícil deixar os cachos em si aparentes, sendo necessário uma texturização. Também são estes fios que rendem black powers lindíssimos e poderosos, então se joga no pente-garfo!


(Solange Knowles/Reprodução)

Qual fio é melhor?

O principal objetivo desta tabela não é hierarquizar os fios – muito pelo contrário, é identificar os cachos que existem e como é possível cuidar deles. Por isso, não existe isso de fio melhor ou pior – e isso inclui aquele papo de “cabelo ruim” que, por favor, 2020, né? Já deu!

É possível ter mais de um tipo de cacho, e você pode cuidar deles da forma que o seu cabelo responde melhor. Agora que você já sabe qual é o seu tipo, é só se divertir. Lembrando que, para todos os eles, cuidar de dentro para fora é o ideal – e só Luminus Hair te oferece todo o cuidado e tratamento que você merece. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *